---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Manifestação da equipe médica sobre protocolo de atendimento questionado em vídeo por paciente no Facebook

Publicado em 27/03/2020 às 15:57 - Atualizado em 27/03/2020 às 16:02

A equipe de saúde de combate ao avanço da COVID-19 em Maravilha, formada por médicos, enfermeiras, técnicas em enfermagem e agentes de saúde vem a público se manifestar sobre as colocações de uma paciente maravilhense (via Facebook) atendida na sala de triagem montada para avaliar casos próximos ao coronavírus.


A equipe destaca que desde o primeiro dia de atendimentos (18 de março) segue rigorosamente os protocolos da Organização Mundial da Saúde e do Ministério da Saúde. A informação sobre a falta de testes jamais foi omitida por nenhuma autoridade em saúde e, em Maravilha, o protocolo MÉDICO adotado e seguido pela equipe foi encaminhar os pacientes com os sintomas mais próximos à COVID-19 para tomografia de pulmão no hospital São José. O isolamento social e os cuidados com higiene – até o momento – são as únicas medidas recomendadas pelas autoridades em saúde para conter o avanço do vírus. 

A equipe destaca que todos os atendimentos e recomendações de isolamento foram divulgadas com transparência para informar toda a população. Que a imprensa em Maravilha tem feito um trabalho responsável, sério e fundamental para levar as informações oficiais a toda a população. Que a Polícia Militar, Polícia Civil e todas as forças de segurança estão trabalhando para manter a ordem e orientar a população. Destaca também que não vai divulgar o protocolo de atendimento da paciente que gravou o vídeo, porém, pode apresentar o mesmo às autoridades que o solicitarem.


Informa que respeita o direto de expressão e religiosidade da paciente, mas contesta diversas teorias a respeito da propagação do vírus como a permanência dele no ar e também sobre as medidas que outros países adotaram, especialmente os da Europa que divulgam diariamente o avanço das contaminações e óbitos decorrentes da COVID-19.


A preocupação com a situação econômica é uma preocupação muito grande de todos os agentes públicos e o Governo de Santa Catarina anunciou a retomada gradativa das atividades. O Governo Federal anuncia medidas de auxílio e desejamos que todos se concretizem para ajudar quem precisa.


A equipe médica segue trabalhando, mesmo com riscos de contaminação, para atender todas as pessoas que necessitam e pede a colaboração de todos: quem puder, fique em casa.